ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

publicado por
Escrito por Gilberto Chagas

Região

País Brasil

fevereiro 24, 2017


Verifique a tradução:

Lucilene Lorentino Santos Nogueira

Lucilene nasceu em 1969 em Belo Horizonte, Minas Gerais, tendo sido criada no conjunto Santa Maria. Os pais trabalhavam no antigo lixão do Nova Granada em BH. Ela se lembra que os pais levavam os filhos mas deixavam eles em baixo de uma árvore enquanto trabalhavam coletando material reciclável neste lixão. Ela tinha 3 irmãos homens e duas irmãs sendo que os irmãos homens faleceram alguns anos atrás. Antigamente as coisas eram mais difíceis e mais precárias, como relata. Depois os pais ainda tiveram mais 4 filhos além de suas irmãs que são vivas. Os pais faleceram há alguns anos atrás.

Depois de um tempo Lucilene foi trabalhar no antigo lixão de Ibirité região metropolitana de BH com o marido e um dos filhos. Ela se casou aos 16 anos de idade e tem3 filhos que não trabalham na catação. Ela começou na catação por conta do desemprego pois eram tempos difíceis como conta. Depois saiu e foi trabalhar com faxina em casas de famílias.

Há 3 anos teve um AVC durante uma reunião na cidade de Sarzedo, cidade da região metropolitana de BH, onde com algumas pessoas ela estava a discutindo sobre a possibilidade de se criar uma associação na cidade onde mora. Depois de algum tempo ela se recuperou e veio para a ACAMARES – Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Sarzedo. E desde então trabalha com seus companheiros na triagem. No começo, foi difícil, pois devido ao AVC ela teve algumas dificuldades mas como tem as companheiras que a apoia muito ela consegue trabalhar com dignidade e prover seu sustento. Ela não conseguiu se aposentar por invalidez, pois de acordo com Lucilene o perito deu pau por ela não ter pagado o INSS por um tempo (justamente por conta de não poder trabalhar na época). Ela também não conseguiu o LOAS – coisas do nosso Brasil.

Desde então tem 2 anos que esta na ACAMARES SARZEDO. Perguntei sobre um sonho que ainda não realizou e ela disse que gostaria de poder estudar. Sonho que se mescla com seus sonhos futuros que é o de comprar um terreno no bairro onde mora, o bairro Brasília, ter umas duas casinhas de aluguel para complementar sua renda pois sua casa própria ela já conseguiu. Também deseja reformar sua casinha, comprar móveis e deixar tudo do jeito que ela quer. Sonhos simples de uma mulher guerreira que simboliza a coragem de nós catadores e catadoras. Esta é nossa companheira Lucilene da ACAMARES SARZEDO

Fotos e entrevista de Gilberto Chagas MNCR.

Gilwarley é uma das lideranças do Movimento Nacional de Catadores de Recicláveis – MNCR – de Contagem, Minas Gerais. Gil tem se dedicado há alguns anos à documentar o movimento dos catadores através de fotos. Recentemente ele começou a documentar as histórias de vida de catadores e catadoras como forma de valorizar a vida e o trabalho de seus companheir@s de movimento. +info Quem somos.

 

Este artigo também está disponível em Inglês