ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

COP15 Copenhagen 2010

A Aliança Global de Catadores surgiu através de um processo solidário internacional que teve início após o Primeiro Congresso de Catadores em Bogotá, Colômbia, em 2008. Associações de catadores e aliados oriundos de mais de 30 países participaram deste evento mundial organizado pela Associação de Catadores de Bogotá (Asociación de Recicladores de Bogotá, ARB), Sindicato de Catadores de Pune, Índia, Kagad Kach Patra Kashtakari Panchayat (KKPKP), Rede Latino-Americana de Catadores (Red Lacre), Fundação Avina, e Mulheres no Trabalho Informal: Se Globalizando e Organizando (WIEGO). Desde então, um Comitê Diretor Internacional se reúne uma vez por ano para planejar e o nosso trabalho e implantar a nossa visão estratégica. O primeiro encontro foi em Durban (África do Sul), e os seguintes em Belo Horizonte (Brasil), Bangkok (China) e Pune (Índia).

Ajudamos o desenvolvimento de associações de catadores na África, na Ásia e na América Latina. Além disso, desde 2009, participamos em diversas reuniões da Organização das Nações Unidas (ONU), nas quais, graças ao apoio da Aliança Global para Alternativas à Incineração (GAIA), defendemos a implantação de mecanismos financeiros alternativos para apoiar soluções justas para o aquecimento global.

Através do apoio e coordenação da WIEGO e de contribuições de lideranças de catadores e aliados de todo o mundo, atualmente, a Aliança Global concentra seus esforços na solidariedade e troca de informação entre milhares de associações de catadores.

A Rede Latino-Americana (Red Lacre) é uma organização que representa e reúne movimentos trabalhistas de catadores da América Latina. A Red Lacre é um dos fundadores da Aliança Global. A missão da Rede é melhorar as condições de trabalho dos catadores e iniciar diálogos entre países para que esses possam compartilhar experiências, planejar e executar ações. A Red Lacre representa associações de catadores de 15 países e, desde 2005, organiza congressos e assembléias regionais a cada 2 anos. Com apoio da Fundação Avina, o processo solidário na América Latina foi originalmente coordenado pelos movimentos nacionais de catadores da Colômbia e do Brasil, os quais estão entre os movimentos mais estabelecidos da América Latina. A liderança da Red Lacre é decidida democraticamente nas assembléias.

A Aliança dos Catadores Indianos (Alliance of Indian Waste Pickers, AIW) é composta por mais de 30 organizações que apóiam catadores em 24 cidades na Índia. A AIW trabalha para ressaltar a contribuição dos catadores e para viabilizar a inclusão desses trabalhadores na gestão municipal de resíduos sólidos. As suas atividades incluem a organização de oficinas e programas de troca de experiências, reunindo catadores em eventos municipais, estaduais e nacionais. A AIW também facilita a participação de catadores em atividades da ONU. O processo de organização da AIW e de outras associações de catadores na Ásia (Bangladesh, Filipinas, China, Nepal) é coordenado pela KKPKP e apoiado pela WIEGO.

O processo de organização na África foi coordenado pela WIEGO através de um programa de levantamento e articulação das associações de catadores existentes no continente. A WIEGO apóia a Associação de Catadores da África do Sul (SAWPA), a Associação de Catadores do Senegal (Book Diomm), a Rede Crescente do Quênia e a Rede da República Democrática do Congo. A StreetNet Internacional, uma rede internacional de vendedores informais, também apóia a organização de associações de catadores africanos.

Este artigo também está disponível em Inglês Espanhol Francês