GLOBAL ALLIANCE OF WASTE PICKERS
GLOBAL ALLIANCE OF
WASTE PICKERS
The Global Alliance of Waste Pickers is a networking process supported by WIEGO, among thousands of waste picker organizations with groups in more than 28 countries covering mainly Latin America, Asia and Africa.
Supported by Logo WIEGO

by

Region

January 12, 2012


Check translation:

Notícias do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR): 

PL aprovado em 2010 excluía maior parte dos catadores

A Presidenta Dilma Rousseff atendeu a reivindicação feita pelo MNCR no ultimo encontro de Natal e vetou integralmente o Projeto de Lei 6822/2010 de autoria do Senador Paulo Paim que regulamentava a profissão de catador de materiais recicláveis e reciclador de papel. O PL exigia que para exercer a profissão os catadores deveriam se inscrever na superintendência regional do trabalho munido de vasta documentação. A medida criaria obstacula para o livre exercício da catação excluindo a maior parte dos catadores que hoje não possuem todos os documentos exigidos.

O MNCR reivindica atenção a outros projetos lei em tramitação de realmente contribuiriam com o fortalecimento da categoria como é o caso do PL de inciativa popular do MNCR que inclui os catadores como segurado especiais da previdência social pagando 2,3% da renda ao INSS.

Em sua mensagem de Veta a Presidenta citou os pareceres do Ministério da Justiça, Ministério do Trabalho e Emprego e do Ministério do Desenvolvimento social e Combate a Fome que argumentaram contrariamente ao PL.

Leia a mensagem de veto:

No 7, de 9 de janeiro de 2012.

Senhor Presidente do Senado Federal,

Comunico a Vossa Excelência que, nos termos do § 1o do art. 66 da Constituição, decidi vetar integralmente, por inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público, o Projeto de Lei no 6.822, de 2010 (no 618/07 no Senado Federal), que “Regulamenta o exercício das profissões de Catador de Materiais Recicláveis e de Reciclador de Papel”.

Ouvidos, a Secretaria-Geral da Presidência da República e os Ministérios do Trabalho e Emprego, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e da Justiça manifestaram-se pelo veto ao projeto de

lei pelas seguintes razões:

“A Constituição Federal, em seu art. 5o, inciso XIII, assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, cabendo a imposição de restrições apenas quando houver a possibilidade de ocorrer algum dano à sociedade. Além disso, no caso específico, as exigências podem representar obstáculos imediatos à inclusão social e econômica dos profissionais, sem que lhes seja conferido qualquer direito ou benefício adicional, uma vez que as atividades relacionadas aos catadores já estão definidas na Classificação Brasileira de Ocupações – CBO, permitindo o reconhecimento e o registro desses profissionais.”

Essas, Senhor Presidente, as razões que me levaram a vetar o projeto em causa, as quais ora submeto à elevada apreciação dos Senhores Membros do Congresso Nacional.

Veja a publicação no Diário Oficial da União

Veja tramitação na Câmara Federal