GLOBAL ALLIANCE OF WASTE PICKERS
GLOBAL ALLIANCE OF
WASTE PICKERS
The Global Alliance of Waste Pickers is a networking process supported by WIEGO, among thousands of waste picker organizations with groups in more than 28 countries covering mainly Latin America, Asia and Africa.
Supported by Logo WIEGO

by

February 05, 2012


Check translation:

Brasil – 5 fev 2012 –

A economia aquecida tem sido um dos principais vilões das cooperativas de reciclagem em São Paulo. Com o aumento da oferta de empregos nos últimos anos, catadores estão trocando a coleta por trabalhos mais rentáveis e estáveis, como na construção civil. O resultado da fuga de mão de obra é a queda na produção de material reciclado acima de 30% em centrais de triagem da capital.

É o caso da Cooperativa Sem Fronteira, no Jaçanã (zona norte), onde a produção mensal de lixo reciclado caiu de 97 toneladas em 2010 para 66,5 toneladas em 2011. “O pessoal opta por trabalhar com registro [em carteira]. É difícil competir”, conta Flávio Leandro de Souza, 29 anos, há oito anos na cooperativa.

A consequência foi a redução no faturamento bruto da cooperativa, de R$ 39 mil mensais em 2010 para R$ 26 mil no ano passado. No período, o número de cooperados foi de 55 para 30.

Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora neste domingo, 5 de fevereiro, nas bancas. Ler o artigo original