GLOBAL ALLIANCE OF WASTE PICKERS
GLOBAL ALLIANCE OF
WASTE PICKERS
The Global Alliance of Waste Pickers is a networking process supported by WIEGO, among thousands of waste picker organizations with groups in more than 28 countries covering mainly Latin America, Asia and Africa.
Supported by Logo WIEGO

by

February 09, 2012


Check translation:

QUANDO: Hoje as 16:00 até terça, 13 Março as 18:00

ONDE: Câmara de Vereadores de Maringá, Maringá, Brazil

População de Maringá!

Por interesses econômicos, a Prefeitura de Maringá fará todo o possível para cumprir com as etapas legais para um processo licitatório da Usina de Incineração, (Queima do Lixo em Maringá e Região).

O Fórum Intermunicipal Lixo e Cidadania de Maringá, Sarandi e Paiçandu é contra a Incineração do Lixo!

OS MOTIVOS:

O Fórum manifesta-se desfavorável à proposta de instalação de uma usina de incineração no âmbito do Município de Maringá pelas seguintes razões:

· porque se trata de medida extremamente arriscada, sob diversos pontos de vista, especialmente porque não há ainda um sistema de incineração operante no Brasil e também não há um sistema de controle de gases rigoroso em nosso país, cabendo prestigiar no caso o princípio maior do Direito Ambiental, que é o da prevenção-precaução, evitando-se riscos desnecessários ao meio ambiente e à saúde pública;

· porque a matriz energética brasileira é fundada em outras bases, sendo considerada uma das mais limpas do mundo, enquanto tal fonte de energia é altamente questionável do ponto de vista de seu potencial poluente;

· porque deve ser objeto de um amplo debate público e integrar a proposta de um plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos, não podendo ser tratada de forma isolada e desconectada da questão da gestão como um todo;

· porque a incineração, nos termos da legislação vigente, deve ser precedida de outras medidas e políticas públicas, especialmente de políticas voltadas à educação ambiental (não geração, redução, reutilização), à correta segregação de resíduos e à reciclagem, o que não foi providenciado, a contento, no âmbito do Município de Maringá;

· porque o Município de Maringá sequer está cumprindo aquilo a que foi condenado em processo movido pela Promotoria do Meio Ambiente – que são obrigações básicas no que diz respeito ao gerenciamento de resíduos – , conforme manifestação da própria Promotoria, que entende que a proposta da incineração fere não só a decisão prolatada no processo, mas também a Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos, tratando-se de uma tentativa do Município de exonerar-se de cumprir aquilo que deve ser cumprido.

· porque, conforme foi relatado pela própria empresa sondada pela Prefeitura para os estudos acerca do projeto de incineração – a qual compareceu, a pedido, em reunião realizada pelo Fórum – , o volume de material necessário ao funcionamento da unidade seria bastante elevado, demandando possivelmente a queima também de material reciclável, o que representaria um prejuízo à sociedade como um todo e principalmente aos trabalhadores envolvidos com o material reciclável.

Veja no link abaixo um manifesto geral sobre a Incineração onde inclua-se a proposta para Maringá.

http://www.incineradornao.net/manifesto/

Acesse o Abaixo Assinado

http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoAssinar.aspx?pi=P2011N14762

Vamos continuar lutando contra a Incineração do Lixo e para que se cumpra as promessas Silvio Barros – Veja:

” Melhorar a qualidade de vida, ampliar o apoio oferecido pela prefeitura, fazer um grande projeto e oferecer condições para agregar valor” .

Essas foram algumas das promessas feitas pelo atual prefeito de Maringá durante a campanha eleitoral de 2004 para fortalecer as cooperativas de material reciclável e a coleta seletiva. Passados mais de cinco anos, as promessas não foram cumpridas, duas cooperativas já encerraram as atividades e as demais lutam para continuar os trabalhos.

Assista, na íntegra, nos videos abaixo as promessas feitas em 2004:

“Eu tenho certeza que tem condições de ajudá-los ainda mais.” http://www.youtube.com/watch?v=vGzvYwlDizM

“Vamos incentivar as pessoas a não colocar o lixo todo junto” http://www.youtube.com/watch?v=yWdw4WqqZzE

No entanto, desde a sua promessa feita na campanha eleitoral, pouco foi feito! Ao contrário, o prefeito vetou um projeto de lei que proporcionaria uma remuneração aos catadores pela tonelada de lixo recolhido na cidade.

O lixo recolhido pelas cooperativas e por demais catadores não está sendo pago pela prefeitura, mas se não houvesse a coleta seletiva, as toneladas de lixo custaria para o serviço de coleta geral e para o aterro, este alías já vencido em sua capacidade, e localizado numa pedreira!

Sugerimos a todos a leitura do manifesto encontrado no site www.incineradornao.net.

Ele está em pdf e deve ser baixado, tem 10 páginas, é de fácil leitura e bastante elucidativo quanto aos problemas envolvendo o uso de tais tecnologias.