GLOBAL ALLIANCE OF WASTE PICKERS
GLOBAL ALLIANCE OF
WASTE PICKERS
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

por

Região

outubro 04, 2012


Verifique a tradução:

Waste pickers with the MNCR and from around the world embrace around the MNCR flag at the People's March.

Resíduos e inclusão social

  • Legislar, fiscalizar e fazer cumprir as legislações nacionais para controle e tratamento de resíduos sólidos garantido a inclusão social dos catadores de materiais recicláveis.
  • Eliminação e proibição de usinas de incineração de resíduos sólidos, termoelétricas e outras tecnologias energéticas que que causem risco a saúde humana a ao meio ambiente.
  • Investir em projeto de transformação dos resíduos orgânicos em energia, cooperar com os municípios na implantação da coleta seletiva e fomento à empreendimentos solidários de catadores(as) constituídos em cooperativas e associações, contratados para a prestação de serviços de coleta e triagem  e outros produtos de interesse.
  • Implantar usinas de resíduos da construção civil, através de cooperativas, para dar conta do passivo ambiental gerado pelo setor;
  • Implementação de programas de logística reversa de embalagens com o devido pagamento das empresas produtoras e distribuidoras sobre o resíduo gerado, para destinação correta através de cooperativas e associações de catadores(as).
  • Realizar investimentos em  educação ambiental, de forma continuada nos meio de comunicação de massa e incluir no programa básico de ensino os temas relacionados ao tratamento de resíduos.
MNCR and Red Lacre leaders stating demands at the summit-wide assembly.

Os líderes do MNCR e da Red Lacre falam suas demandas na assembléia da cúpula. 

Outras demandas incluem educação, biodiversidade, saúde, água, segurança pública, agricultura, saneamento, juventude, direito animal, pela paz mundial. Alguns pontos:

  • Que cada escola tenha projetos de Educação Ambiental e a capacitação de educadores para que se possa cumprir com a política de Educação Ambiental
  • o Zoneamento Ecológico e Econômico do Brasil (ZEE) deve ter um caráter primordialmente conservacionista e de orientação do desenvolvimento com base sustentável.
  • Aumentar a eficácia do SUS – Sistema Único de Saúde – reduzindo, até eliminar, o tempo de espera para atendimento especializados, tornando o atendimento ágil, rápido e eficiente.
  • Estabelecer e implementar um plano emergencial de revitalização dos rios e demais recursos hídricos nos ambientes urbanos e rurais…
  • Gestões necessárias para a ampliação da estrutura do policiamento ambiental com incremento de efetivo, equipamentos e bases, aumentando assim a capacidade da União e Estados para o enfrentamento da degradação ambiental…
  • Criar sobretaxas e tributos sobre produtos que utilizem agrotóxicos;
  • Reforçar a alimentação orgânica, principalmente para as crianças;
  • Implantação de aterros sanitários devidamente licenciados que atendam a demanda de resíduos, em parceria com Estados e  Municípios.
  • Fim da fabricação e comercio de armas de fogo.
  • Estabelecer uma redução gradativa até a erradicação dessa tragédia mundial (de produção de cigarros).
  • Estabelecer data limite para que os veículos produzidos não utilizem combustíveis poluentes e nem causadores de impactos ambientais ou sociais.

Comissão Nacional do MNCR
Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR