ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

por

outubro 30, 2012


Verifique a tradução:

Solidariedade Internacional! (Índia – agosto de 2012)

Catadores e aliados latino-americanos apoiaram SWaCH, a primeira cooperativa de catadores da Índia, na sua luta contra a privatização. Em agosto, cooperativas e associações, bem como aliados, representantes municipais e outros apoiadores, enviaram suas assinaturas. Veja a lista abaixo:

  • Asociación de Recicladores el Triunfo ASORRETRIUNFO
  • Asociación Colombiana de Recicladores – GAIAREC
  • Asociación Nacional de Recicladores A.N.R. (Colombia Movimiento Nacional de Recicladores)
  • Asociación de Recicladores de Bogotá A.R.B.
  • Cooperativa de Trabajo Asociado de Recicladores el Triunfo- COOPTRIUNFO
  • Asociación de Mujeres el Reciclaje Una Opción Digna ASODIG
  • Coordinador regional Latinoamericano del programa de recicladores.WIEGO
  • Gerente del plan de inclusión de población recicladora. Unidad Administrativa Especial de Servicios Públicos UAESP, Alcaldía Mayor de Bogotá Colombia
  • MTE y la Federaciona Argentina de Cooperativas de Cartoneros y Recicladores, Argentina
  • Secretaria de la Red Lacre/ Red Lacre Secretariat
  • Movimento Nacional dos Catadores (MNCR), Brasil

Ler a carta de apoio (em inglês).

 

África

Melhorando as condições de trabalho (África do Sul – 31 de agosto)

Relatório da Musa Chamane, GroundWORK: Um novo galpão de reciclagem está na fase final. O projeto inclui 10 membros da cooperativa de catadores do Rio Mooi. Na foto você pode ver o antigo galpão à esquerda e o novo galpão, com banheiros, chuveiros, e escritórios, à direita. “Nós temos falado sobre este projeto nos últimos dois anos, agora está finalmente se realizando”, disse Musa Chamane, gerente da campanha de resíduos. “Nós estamos muito felizes com este desenvolvimento.”
Ler o relatório de Musa Chamane.

Aprendendo com os outros (África do Sul – setembro)

sawpa waste pickers national exchange
Em setembro, a associação de catadores sul-africanos (SAWPA) realizou o primeiro intercâmbio nacional. Os catadores de toda a África do Sul se reuniram no Rio Mooi e também no aterro Pietermartizburg para compartilhar experiências, idéias, e discutir as conquistas e desafios que a associação enfrenta no nível local, regional e nacional. Ler “O primeiro intercâmbio nacional entre cooperativas de catadores no Rio Mooi e no aterro Pietermaritzburg na África do Sul”.

 

Índia – AIW

Lutando contra a Privatização na Índia (Índia – agosto 2012)

Em agosto, All India Kabadi Mazdoor Mahasangh (AIKMM), uma organização de catadores na Índia, organizou uma manifestação contra a privatização e incineração em Delhi. A onda de privatização que começou em 2005 impactou o setor de reciclagem e agora a gestão de resíduos sólidos de Nova Déli está nas mãos de empresas nacionais e internacionais. Para piorar a situação para os catadores e o meio ambiente, a prefeitura pretende queimar todos os resíduos de Delhi em três locais da cidade. Catadores se manifestaram contra a privatização e a incineração.
Ler o comunicado de imprensa de AIKMM (em inglês).

A luta por direitos de pensão continua na Índia (Índia – agosto 2012)


No dia 9 de agosto, mais de 4.000 pessoas, incluindo idosos de todo Karnataka, reuniram para uma “Campanha Popular” no Parque da Liberdade em Bangalore. Participaram idosos, catadores, dalits, tribais, pequenos agricultores, trabalhadores domésticos, mulheres solteiras, trabalhadores da construção, deficientes, profissionais do sexo, transgêneros e pessoas que vivem com o HIV. Rapidamente ganhando força, o movimento Pension Parishad começou em Pune, na Índia, em março de 2012, quando grupos marginalizados se reuniram para exigir universalização da Previdência.
Ler o boletim da Aliança Global de Catadores Indianos (em inglês).

Boletim Nenhuma Criança no Lixo (Índia – 7 de Setembro)

Chintan (Pesquisa Ambiental e Grupo de Ação) compartilhou o boletim do programa Nenhuma Criança no Lixo. Entre as centenas de pessoas que dependem de Ghazipur – o aterro sanitário de Nova Déli – para viver, são 203 famílias de catadores. No início deste ano, nas primeiras horas da manhã do dia 1 de fevereiro, a favela no aterro Ghazipur pegou fogo mais uma vez. Mais de 240 famílias perderam todos os seus pertences e suas casas. Pouco mais de um mês após o incêndio, Chintan falou com algumas das crianças das famílias afetadas. O boletim inclui essas entrevistas e atualizações sobre a situação.
Ler o boletim (em inglês).

 

Latinamerica – Red Lacre

Previdência Social para Catadores (Brasil – 3 setembro)

Eduardo Ferreira de Paula, representante do Movimento Nacional dos Catadores (MNCR), compartilhou a notícia sobre a  proposta de conceder ao catador status de segurado especial do INSS, no marco de um Projeto de Lei 3997/12, do Senado, que inclui o catador de material reciclável como segurado especial da Previdência Social.
Ler a notícia.

Direito ao trabalho (Uruguai – 5 de setembro)

UCRUS marcha
Catadores organizados de UCRUS, em Montevidéu, manifestaram mais uma vez para exigir seus direitos como trabalhadores e denunciar a ameaça e o retiro das carroças das ruas da cidade. A recicladora Colombiana Nohra Padilla enviou uma carta de apoio, observando que as ameaças que os recicladores enfrentam são cada vez maiores e presentes no mundo inteiro.
Ler o comunicado de imprensa (em espanhol).

Marcha dos cartoneros, Argentina – “O nosso trabalho é a nossa dignidade” (Buenos Aires- 18 de setembro)

As cooperativas de catadores urbanos se mobilizaram em oposição à decisão da prefeitura de Buenos Aires de lotar a cidade com contêineres anti-cartoneros e exigiram a aplicação das leis de Lixo Zero e o cumprimento da promessa que a prefeitura fez com as cooperativas de fazer a coleta seletiva. Os catadores não querem se tornar dependentes de subsídios ou de assistência social. No dia 18 de setembro os catadores marcharam para o Ministério do Meio Ambiente e o espaço público GCABA.
Ler o comunicado de imprensa (em espanhol).
Ler as cartas de solidariedade para recicladores de papelão da Argentina (em espanhol).