GLOBAL ALLIANCE OF WASTE PICKERS
GLOBAL ALLIANCE OF
WASTE PICKERS
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

por

julho 01, 2013


Verifique a tradução:

mncr-logo

Texto por MNCR

A luta por transporte público de qualidade e pela redução de tarifas em todo o Brasil não começou hoje. Em 2005 esse movimento foi batizado como Movimento Passe Livre (MPL) durante o Fórum Social Mundial “que luta por um transporte público de verdade, gratuito para o conjunto da população”, um movimento de esquerda que tem princípios bem parecidos com os do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis , “autônomo, apartidário, horizontal e independente”. Ao longo dos anos as ações do MPL vêm criticando o modelo de transporte público nas cidades que exclui grande parte da população pelos preços altos.

Hoje assistimos grandes manifestações realizadas fruto da organização dessa juventude que vem conquistando a redução da tarifa no transporte em diversas cidades do país. Milhares de pessoas têm ganhado as ruas em solidariedade aos militantes atingidos por atos de violência policial e prisões arbitrarias, além de serem privados muitas vezes de seu direitos de livre organização e livre manifestação. A participação popular tomou dimensões gigantescas após a violência policial atingir os profissionais de imprensa e transeuntes comuns.

Em apenas um dia 500 mil pessoas saíram às ruas em várias cidades brasileiras agregando outras pautas de reivindicações e aflorando a indignação da população sobre outros temas, como é o caso dos investimentos do Governo para os grandes eventos esportivos, expulsão de populações pobres e falta de investimentos em áreas básicas como saúde e educação, além do combates a corrupção e a retirada de poder de investigação do Ministério Público, a chamada PEC37.

Essas são reivindicações legitimas e necessárias para melhorar o país, no entanto, uma parte da população que tem saído nas ruas não tem feita a discussão política necessária sobre esses temas, tornando a reivindicações muito vagas e sem objetivos concretos, como “contra a corrupção”, “contra a copa”, “contra o Governo”, “contra os partidos”, “contra tudo”, etc. Ao se desviar de objetivos concretos e movidas pelo entusiasmo das mobilizações as pessoas têm se tornado alvos fáceis para os manipuladores.

A elite brasileira, com o apoio da grande imprensa igualmente elitista, tenta usar as manifestações populares em favor de seus interesses, incluem questões que não são interesse da maioria, além de políticas que vão contra a necessidade dos movimentos populares. Alguns grupos de preconceituosos estão indo para as manifestações e levantado reivindicações autoritárias. Esses grupos são formados por membros da classe rica e classe média e defendem abertamente ideias racistas e preconceituosas contra negros, mulheres, gays, nordestinos e estrangeiros. Atacaram violentamente os militantes de esquerda de partidos políticas e de movimentos sociais e impedido o livre direitos de manifestação desses que sempre estiveram acordados e lutando nas ruas.

O Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis esteve desde sempre nas ruas lutando por cidades mais justas e verdadeiramente sustentáveis. Somos solidários a luta por um transporte público de qualidade e acessível a todos e todas. Lutamos para garantir o direito a cidade e permanecer nas ruas de maneira digna, contra a expulsão da população pobre. Nos somamos as mobilizações e causas concretas e bem planejadas e no debate pela construção de um poder popular.

Somos lutados do povo e não vamos permitir que a direita se aproprie das mobilizações populares.

Viva nossa luta!

Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR