ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

publicado por
Escrito por Alliance of Indian Waste Pickers (AIW)

Região

País Índia

maio 26, 2015

Traduzido por Fernando Silva


Verifique a tradução:
press release. 03/01/2015

aiw photo 4

A Aliança de Catadores Indianos (AIW, em inglês) é uma rede nacional de organizações de base que trabalha para organizar os trabalhadores e trabalhadoras informais e garantir acesso aos seus meios de sustento e seguridade social. A organização Stree Mukti Sanghtana realizou o workshop de dois dias em 25 e 26 de fevereiro de 2015, em Mumbai. Organizações de Déli, Bihar, Odisha, Maharashtra, Karnataka, Tamil Nadu, Madhya Pradesh e Andhra Pradesh participaram do workshop.

Houve progresso no fornecimento de carteiras de identidade profissional das agências municipais. O número de carteiras de identidade fornecidas em Bangalore atingiu mais de 7 mil trabalhadores e trabalhadoras nos últimos três meses. Houve progresso na inclusão de catadores crianças em um programa de bolsas de estudo do governo (centenas de inscrições foram aceitas). Algumas organizações facilitaram a abertura de milhares de contas bancárias para os catadores, que incluem seguro sob um programa do governo. Os catadores e trabalhadores e trabalhadoras da economia informal também escreveram cartas para o Primeiro Ministro, clamando por inclusão social. Os participantes também visitaram os escritórios da Stree Mukti Sanghtana, onde mini-unidades de metanação e coleta de águas pluviais estão instaladas.

Os objetivos para os próximos três anos incluem uma mobilização nacional para inclusão de catadores e catadoras e outros trabalhadores informais no Swaccha Bharat Abhyaan, o programa de limpeza do governo; mobilização para lutar contra as usinas de conversão de lixo em energia por meio de incineração, que foram propostas pelo Conselho do Primeiro Ministro para Mudanças Climáticas; a participação dos catadores e catadoras na conferência de mudanças climáticas da ONU; e a incubação de empreendedores ou ativistas interessados que queiram trabalhar com catadores e na gestão de resíduos sólidos. Ler o artigo completo para obter todas as informações.