ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

publicado por
Escrito por Chris Bonner (WIEGO)

Região

País Serra Leoa

outubro 21, 2015

Traduzido por Fernando Silva


Verifique a tradução:
07/16/2015
Foto: Mohammad Kallon.

Foto: Mohammad Kallon.

Aaron A Boima é um comerciante informal de Freetown e Secretário-Geral do Sindicato de Comerciantes de Serra Leoa (SLeTU, em inglês). Além disso, ele também é o coordenador de oito sindicatos de trabalhadores e trabalhadoras da economia informal afiliados à central sindical Congresso do Trabalho de Serra Leoa (SLLC, em inglês). Enquanto estava na Conferência Internacional do Trabalho, em junho de 2015, em Genebra, ele conversou com Chris Bonner, o Diretor de Programa de Organização e Representação da WIEGO, sobre a organização dos catadores de seu país:

“Em 2014, comecei a organizar os catadores e catadoras de Freetown, a capital de Serra Leoa. Comecei com pouco: dez catadores de dois aterros participaram da primeira reunião. Depois, convoquei reuniões em quatro cidades, e ao final desse processo, 711 catadores e catadoras de quatro cidades estavam inscritos. 251 mulheres e 460 homens haviam participado das discussões sobre a situação e sobre o motivo pelo qual precisam se organizar. Eles tomaram a decisão de formar a Rede de Catadores e Catadoras de Serra Leoa (NEWAP-SL, em inglês).

Contudo, a crise do vírus Ebola interrompeu as atividades da organização (…) Como Coordenador da Economia Informal do SLLC, quero negociar com o prefeito e a Assembléia Municipal para prestar assistência e/ou fornecer trabalhos alternativos para os catadores e catadoras afetados. Como Aaron, digo que “agora é a hora de retomar a iniciativa e construir uma organização sólida de catadores e catadoras em Serra Leoa que possa se unir aos outros oito sindicatos, para que sejam reconhecidos e lutem por seus direitos como uma afiliada do SLLC”.

Além disso, também vejo a importância de compartilhar as informações com os outros catadores e catadoras da Áfria e de todo o mundo.

Ler o artigo completo (em inglês).