ALIANÇA GLOBAL DE CATADORES
ALIANÇA GLOBAL DE
CATADORES
A Aliança Global de Catadores é um processo de articulação entre milhares de organizações de catadores de materiais recicláveis apoiado pela WIEGO em mais de 28 países cobrindo principalmente América Latina, Ásia e África.
Apoiado por Logo WIEGO

por

Região

País Argentina

outubro 29, 2019

Traduzido por Abrapalabra Co-op


Verifique a tradução:

Há alguns anos começou a comercialização coletiva como modalidade de trabalho, mas no mês de março mais de dois mil catadores e catadoras da Cooperativa El Amanecer de los Cartoneros (catadores do Buenos Aires, Argentina) a adotaram de maneira voluntária já que é uma alternativa superadora para eles/as e para todo o setor reciclador, inclusive a indústria.

Antes desta conquista, os catadores/as urbanos/as tinham que levar o material para suas casas onde conviviam com os recicláveis durante a semana e aos sábados vendiam o material a um comprador que em geral pagava preços muito baixos pelo material. A partir deste ano, cada trabalhador/a tem uma quantidade de edifícios, moradias, comércios cujos encarregados assignados entregam o material previamente separado e a cooperativa se encarrega de o transportar, processar, enfardar, comercializar e distribuir as utilidades em proporção aos quilos aportados por cada companheiro/a.

Os catadores e catadoras da Argentina têm um ponto de entrega assignado para que o caminhão levante o saco com os materiais recicláveis que recuperaram e o leve à planta de processamento onde o material será classificado, enfardado e vendido. Cada saco está identificado, é pesado individualmente e se reconhece a cada trabalhador/a a quantidade de quilos que recuperou. O material se vende diretamente às fábricas, evitando a intermediação e obtendo um preço 40% superior àqueles dos depósitos informais.

Devido a uma extensa tarefa organizativa e à luta ininterrompida dos/as catadores/as organizados/as na Federação Argentina de Catadores e Recicladores (FACCyR/CTEP) a realidade de subsistência torna-se um caminho de resistência para a transformação social.